11 de mai de 2005

Reflexo do enigma



A face imaginária

inquieta meus instintos

perdi-me da voz

soltei-me dos braços

larguei as palavras

esqueci-me de mimo

reflexo do enigma

aprofunda seus mistérios

num universo sem nome

num desvio de rumos

onde despontam as sombras

da improvável forma...




Otávio Corala

Nenhum comentário: