15 de ago de 2011

Guarda-a





Escuta no silêncio
a minha voz.

Guarda-a
no fundo
do teu coração.

Guarda-a
para ouví-la
na hora em que
estiveres triste,
e em ti só existir
ausência de luz,
ausência do sol
do meu nome.

Escuta
a voz do amor
que ternamente
escrevi para ti
nas primeiras
horas da manhã...


NANE

5 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Só agora é que reparei que me roubaste a foto.
Vais pagar com juros...
O poema é excelente.
Beijinhos.

Pete disse...

stunning image

Daniel Aladiah disse...

Querida Eliane
Sempre guardo as gotas de amor que encontro espalhadas por aqui...
Um beijo
Daniel

Paige disse...

guard the bonita corazon.

Gil Façanha disse...

Gostei muito daqui. Te sigo. bjs.