10 de out de 2006

Marinheiro real



No mar passa
de onda em onda repetido
O meu nome fantástico
e secreto
Que só os anjos
do vento reconhecem
Quando os encontro
e perco de repente

Vem
do mar azul
o marinheiro

Vem
tranquilo
ritmado
inteiro

Perfeito como um deus,
Alheio às ruas.

Marinheiro Real

SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

Nenhum comentário: