13 de nov de 2006

Arrepio




Quero
encontrar-te
onde secretamente
nossos corpos
revelam
todo sentimento
desvedam mistérios
perdem-se
em labirintos
encontram-se
em arrepio
na pele
que leve
desliza
escorre pela alma
leve
como asas
de borboletas
amarelas...

Nenhum comentário: