15 de jun de 2011

Intemporal






















Nem sempre consigo
falar o que sinto
e deslizar
no teu corpo
lentamente
buscando
o brilho
onde te encanto

Por nós
a noite
faria um canto
intemporal

Uma canção
de amor e tanto

Nane

Nenhum comentário: