2 de abr de 2007


(...)Frémito
do meu corpo
a procurar-te,
Febre
das minhas mãos
na tua pele
Que cheira a âmbar,
a baunilha e a mel,
Doido anseio
dos meus braços
a abraçar-te
Olhos buscando
os teus
por toda a parte (...)
Florbela Espanca

Nenhum comentário: