31 de jul de 2007


Entre os lábios
aprisiona
a ostra
marulho das ondas
o uivo ruivo do mar
dentro da noite
o ruído branco de luas
Lilith a tatuar na pele
seus gemidos
através de ruas
teu grunhido de runas
roçando
no colar de pérolas
da noite...

Um comentário:

Daniel Aladiah disse...

Querida Eliane
és o máximo na sensibilidade erótica das palavras,porque tão suaves, mas denunciadoras...
Um beijo
Daniel