19 de set de 2007

CANETA DE OURO (1 NOMEAÇÃO)


Curva esculpida
sobre o vão
do espaço
na pele
onde permaneço
Invento
a palavra
que sofre inquieta
campo minado
dos sentidos
reinvento o sabor
doce e suave
o resto eu sorvo de mim
No corpo leve
que malabariza
lugar nenhum
êxtase
desejo de luz

Vênus

Com muita surpresa recebi a nomeação da Baby,

http://mar-la-vento.blogspot.com/ , do meu poema "Curva Esculpida" . Agradeço a gentileza. Recebo seu convite como um incentivo para não parar nunca de escrever e amar a poesia.

Minhas indicações são:

1. Poema "O cetim inextinguível dos teus beijos" do Nilson- http://nimbypolis.blogspot.com/

2. Poema " Ecrever-te incerto nu" do Ricardo Biquinha- http://www.mgrande.com/weblog/index.php/luzdetecto/

3. Poema "Quando o céu muda" do Daniel-http://aladiah.blogspot.com/

4. Poema "Fado, irrequieto, calado" do Almaro-http://odesenhodohorizonte.blogspot.com/

O prémio foi idealizado por:
ANDRÉ L. SOARES
- http://poemasdeandreluis.blogspot.com/ e
RITA COSTA
-http://ritacosta-almadepoesia.blogspot.com/
Para conhecer as regras desse evento clique em:
http://poemasdeandreluis.blogspot.com/2007/08/prmio-caneta-de-ouro.html#links

10 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Belas palavras.
Como sempre... espero sempre o melhor de você.
Beijinhos.

contadordehistorias disse...

desejo em retalhos de pequenas vontades com cara de momentos do dia seguinte...

directriz disse...

lindo.

Daniel Aladiah disse...

Querida Eliane
Obrigado pela nomeação. O teu blog continua cheio de beleza.
Um beijo
Daniel

Nilson Barcelli disse...

Esqueci-me de lhe dar os parabéns pelo prémio recebido.
E de lhe agradecer por se ter lembrado de mim. Obrigado querida amiga.
Beijinhos.

Nilson Barcelli disse...

Vim ler mais poemas seus...
Mas reli este e continuei a gostar.
Beijinhos.

Baby disse...

Fiquei feliz por teres aceitado o meu convite, amo a tua poesia!
Beijinhos.

Vieira Calado disse...

Parabens. Um abraço.

Rui Caetano disse...

blogue com muito interesse e beleza. Gostei dos poemas!

Baby disse...

"Quero
tua voz
de outono
modulada
e rouca
dedilhando
meu corpo
lânguido
e sedento"...


Lindo, lindo, mesmo.
Eu também quero...