12 de mar de 2008


O meu amor tem lábios de silêncio
E voa como o vento
E abraça-me onde a solidão termina
O meu amor tem trinta mil cavalos
A galopar no peito
E um sorriso
Que nasce quando a seu lado eu me deito

O meu amor ensinou-me a chegar
Sedento de ternura
Sarou as minhas feridas
E pôs-me a salvo
para além da loucura.

O meu amor ensinou-me a partir
Nalguma noite triste
Mas antes, ensinou-me
A não esquecer que o meu amor existe.


Jorge Palma

2 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Eliane
Composição muito linda.
Um beijo
Daniel

Nilson Barcelli disse...

O Jorge Palma é um cantor que canta bons poemas, este é um deles.
Bela escolha cara amiga.

Boa semana, beijinhos.