22 de mai de 2008

Um comentário:

Baby disse...

Belo poema como é teu apanágio, a imagem também belíssima e uma música que nos entra pela pele e nos afaga, bem fundo, docemente...
Ahhh Vinicius!

Beijo amigo.