18 de jan de 2010

Entre os teus lábios...

















Húmido de beijos e de lágrimas,
ardor da terra com sabor a mar,
o teu corpo perdia-se no meu.

(Vontade de ser barco ou de cantar.)


Eugênio de Andrade

2 comentários:

Tatiane Trajano disse...

Que lindo perde-se no outro e dentro dele se encontrar...

yole disse...

Preciosas palabras regalas.

Besos nuevos.