17 de jun de 2010

Beijo do Vento


















Nos meus lábios
rubros
do teu desejo
nascem pétalas
que o vento
vem e beija
deixando marcas
de sal na pele
a embriaguez
do toque
incendiando
meu desejo

Vênus

2 comentários:

Luís Filipe C.T.Coutinho disse...

O desejo de um desejo espaçado a prestações de vontade e algo mais...


beijos

yole disse...

Hermosos pétalos para besar...mmmm...

Un saludo de verano.