28 de jan de 2012

























"Porque agora, de longe, parece tão fácil. Agora, de longe, se desse, pra te ter por minutos, nossa, eu seria tão feliz. Mas semana passada, gritava dentro de mim, se não fosse pra sempre, se não fossem mil minutos, se não fossem os meus minutos, que eu focasse então em tudo de ruim pra me livrar logo do pouco que ofende ou do egoísmo que bate de frente.”

— (Tati Bernardi)

2 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Eliane
Há minutos eternos, que ficam nas memórias de quem os sentiu...
Beijo
Daniel

Cynthia disse...

This picture makes me think
of sensual things, of nature.