27 de jul de 2007



Resvalas neste sopro.
Sabes
que tens o olhar ferido
desde sempre, que o incêndio
das palavras em trânsito celebra
prescritas sílabas, ancorados
ritos, desprevenidos
equinócios.
Dantes,
havia um mar crispado
na fissura dos lábios. Hoje, apenas
algumas gotas de sal.


Albano Martins

Um comentário:

Baby disse...

Quantos de n�s n�o temos o olhar ferido e na boca um gosto forte de sal, ou at� um gosto amargo de fel?

Um beijo amigo.