12 de set de 2008


O rio atravessou a tua face
e não levou com ele
essa doçura triste que exaspera
os homens solitários.

Não sei se alguém te teve nas estrelas,
sei que o merecerias
se ter-te assim pudesse ser real.


(N.D)


Eternamente para ti...

Nenhum comentário: