21 de dez de 2006

Abismo



Sobe

Sobe mais

Quero afogar-me

Só não sei... Onde?!

3 comentários:

tazz1971 disse...

num mar de amor...

Nekynho disse...

Pode não ser num onde, mas sim num alguem :o)
Bom fim de semana :o)

m@nuel disse...

Tantas vezes te vi subir...
tantas descer...
Mas sempre ave, sempre música...
Hoje as tuas palavras doem
como silêncios na esperança
como fome no estômago vazio

Perdoa-me se sou o grito
e fico calado
se sou o fruto
e não ter chegado ainda
a época das colheitas