15 de mai de 2010

Você e a Noite Escura












Às vezes eu me sinto um fantasma
Arrancando flores no jardim
À meia- noite
Penso em você e sigo despedaçando
Pétalas ao vento
Na tempestade
Pétalas vermelhas
Tô com saudade
De você,
de você

E as ondas vêm me cobrir na noite escura
E as ondas vêm me cobrir na noite escura
Às vezes eu não sei se é a noite
Ou se é a vontade de te ter agora
Agora

Eu penso em você e sinto a tempestade
Desabar por dentro e por fora
Eu penso em você
e sinto toda a vontade do mundo
De te ter agora, agora
Você
Agora.......................



(Lobão)

2 comentários:

Inez Alvarez disse...

Nane,

Sabe de uma coisa... lembro do Lobão (como João Luiz) quando estudou em minha sala no primeiro ano do segundo grau (nem sei que nome tem isso hoje). Tenho até foto desta turma no meu orkut. Ele sempre foi meio figura mas era quieto não interagia muito com os outros não. Comigo então mal falava rs :) mas gosto muito das musicas dele, principalmente das letras.
Bjssss
Bjs

yole disse...

Tormentade o que você fala tem o som dos batimentos cardíacos.
Segunda-feira Kisses.